Apneia do sono e obesidade

O Brasil tem cerca de 18 milhões de pessoas obesas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, a obesidade por si só já é prejudicial à saúde, no entanto, ela pode ainda aumentar as chances da pessoa desenvolver outras doenças, como a apneia do sono. 

Quando uma pessoa é diagnostica com apneia do sono significa que enquanto ela dorme o fluxo de ar que sai pelo nariz ou boca é interrompido por cerca de 10 segundos ou mais durante várias vezes. O que resulta em roncos e engasgos, que prejudicam o sono, e diminuição da concentração de oxigênio no sangue. Com isso a pessoa, com o passar do tempo, fica mais propensa a ter pressão alta e arritmia cardíaca. 

Mas onde entra a obesidade nisso? 

O excesso de peso é um fator de risco para o desenvolvimento da apneia do sono, pois a gordura que se acumula na faringe – reduzindo o seu diâmetro- e no tórax, faz com que a pessoa faça um esforço maior para respirar. Além disso, altera as propriedades físicas da região, aumentando as chances de um colapso. 

Pensando nos males que estas duas doenças podem trazer, é extremamente importante fazer um acompanhamento médico e tratar a obesidade e a apneia do sono adequadamente. 

No caso da obesidade, o ponto de partida é mudar hábitos de alimentação e praticar atividade física com frequência, sempre assistido por um especialista. Ou seja, o primeiro objetivo é melhorar a saúde, não atingir o peso ideal. 

Já para quem é obeso e ronca muito, sente falta de ar enquanto dorme, tem sonolência nas atividades do dia a dia, está sentindo seu rendimento diminuir, sofre com dor de cabeça pela manhã ou tem alterações de concentração e memória, procurar um médico para confirmar ou não a apneia do sono é primordial. Em caso positivo, o CPAP é o aparelho mais eficaz para tratar o problema. Ele aumenta a pressão do ar, evitando a obstrução da garganta e liberando oxigênio para os pulmões, o que mantém o fluxo de ar no cérebro e o sangue em equilíbrio, e permite que a respiração fique normal durante o sono.

Cuide da sua saúde, quanto antes você iniciar um tratamento, melhores serão os resultados. 

Dormir bem melhora o humor: Aprenda como cuidar do seu sono

Dormir não apenas auxilia no descanso físico, mas também é responsável por afetardiretamente a qualidade do nosso humor. Você já sentiu o tão ...

A importância de dormir bem

Estamos finalizando mais uma semana do sono, e vamos abordar e explorar mais sobre a importância de dormir bem. E como as noites saudáveis são resp...

Conforto e bem-estar: Cuidados especiais para seus pés!

Cuidar dos pés adequadamente evita dores, desconfortos e complicações em outras regiões como joelhos, quadris e coluna Você com certeza cuida da ...